Veja a regra para escolher o imóvel dentro de seu orçamento

Veja a regra para escolher o imóvel dentro de seu orçamento

Veja a regra para escolher o imóvel dentro de seu orçamento

Na hora de decidir  morar na praia para fugir do estresse, é importante saber se a renda da família permite essa mudança de estilo de vida. O cálculo é simples, baseado em estudo do Linconln Center Institute of Land Policy, feito nos Estados Unidos mas que se aplica em todo o mercado.

A regra básica diz que o imóvel em que você mora deve valer de 3 a 5 vezes o que a família dos moradores ganha por ano. Essa recomendação vem de um padrão do valor da renda das famílias comparada com o valor do imóvel onde elas residem. É claro que a condição para que o padrão se encaixe é que os moradores dependam apenas dos próprio rendimentos para se manterem naquele endereço – então, a conta não contempla quem herdou ou ganhou um imóvel ou ainda quem recebe ajuda financeira de terceiros.

Um casal que trabalhe com carteira assinada e ganhe R$ 5 mil por mês, terá recebido ao final do ano R$ 65 mil, incluindo ai o 13º salário de ambos. O imóvel para eles deve custar entre R$ 195 e R$ 325 mil. Valores diferentes a esse podem ser explicados. Se o casal estiver endividado, o valor disponível será menor. Se a disponibilidade for maior, é possível que algum familiar pague as despesas.

Para adquirir um imóvel de R$ 500 mil, é preciso ganhar entre R$ 8.888  a R$ 16.666 mensais. A família que tiver essa renda talvez possa realizar o sonho de morar na praia. Caso seja uma pessoa curiosa, quando você visitar algum amigo rico que more em uma bela cobertura de frente para o mar, você terá uma ideia de quanto ele ganha.